Mensagem de Reconciliação
center> Obediência - A prova de amor

Lição 20
"Porque nisto consiste o amor a Deus; em obedecer aos seus mandamentos. E os seus mandamentos não são pesados".(1 João 5.3). Amar envolve o desejo de agradar o objeto daquele amor - nosso Deus. "E este é o amor; que andemos em obediência aos seus mandamentos. Como vocês já têm ouvido desde o princípio, o mandamento é este: Que vocês andem em amor." (2 João 1.6)

Jesus pregou uma mensagem de amor, a crença nele como Deus, mudança no modo de estilo de vida do mundo e seus caminhos de pecado, e obediência aos seus mandamentos então o homem poderia ser reconciliado com Deus o Pai, Cristo o Filho e o Espírito Santo.

Agora, obediência por causa do amor não é fazer algo porque você está em contrato ou até mesmo, pensando que esta é a melhor alternativa. Obediência não pode ser forçada sobre você através de ameaças ou sanções econômicas. É fazer algo desejado, requisitado ou mandado mesmo quando parece pouco razoável, ilógico ou desnecessário. Amor obediente é uma ação voluntária tomada apenas porque aquele a quem você ama, quer que seja feito e porque você deseja agradá-lo.

Muitos exemplos deste tipo de obediência têm sido visto em lições anteriores:
    Nóe passou anos construindo uma arca com as especificações exatas.
    Depois do dilúvio e seu retorno para a terra seca, Noé construiu um altar e ofereceu um sacrifício a Deus, um ato de culto por causa do amor.
    Abraão circuncidou todos os homens dentro de sua família - algo que pelos padrões humanos era totalmente sem sentido, mas ele fez apenas porque Deus quis que fosse feito.
    Abraão levou seu filho único, o filho da promessa, para uma montanha e construiu um altar para oferecê-lo como um sacrifício para Deus. Pelas normas humanas, isto era assassinato e nenhum homem normal poderia fazer tal coisa mas Abraão fez por causa da sua completa confiança em Deus.
Os Israelitas aterrorizados alcançaram o Mar Vermelho com o Faraó e o exército dele em seu encalço. Através de que lógica alguém poderia esperar que o mar iria se partir permitindo a travessia dos israelitas? Mas Moisés, através de sua fé, acreditou e confiou no Deus que ele amava, obedeceu e o mar se abriu para eles atravessarem.

Finalmente, Jesus, tendo passado três anos ensinando e comprovando que Ele era o Filho de Deus através de seus milagres, colocou seu rosto em direção a Jerusalém. Ele estava determinado em ir para lá mesmo sabendo que os judeus, com ajuda dos oficiais romanos, estavam para matá-lo. Mas Ele de boa vontade foi dar sua vida porque essa era a razão dele ter deixado os céus. Sua oração para Deus mostra sua completa obediência com a morte na cruz batendo à porta. " E retirou-se outra vez para orar: 'Meu Pai, se não for possível afastar de mim este cálice sem que eu o beba, faça-se a tua vontade'." (Mateus 26.42)

Portanto, desde que a obediência a Deus é necessária para a reconciliação, nós devemos obedecer porque nós o amamos, apesar de quão pouco razoável pareça ser. Como Jesus, nosso desejo deve ser "Tua vontade seja feita."

Perguntas
    1. Amar alguém é fazer algo que ele deseja porque
         Nós achamos que é a coisa certa a fazer.
         Parece ser a melhor de todas as outras alternativas.
         Nós achamos que será agradável para aquele que nós amamos.

    2. Amor pode ser obtido por pressão familiar, sanções econômicas ou políticas, ameaças ou dando presentes.
             

    3.O desejo de ir para Jerusalém era observar a Páscoa mesmo se resultasse em sua prisão.
             

    4. Nossa reação ao ensinamento de Jesus deve ser fazer o que Jesus quiser.
             

    5. Qualquer um vai ser reconciliado com Deus, até mesmo aqueles que não obedecerem a seus mandamentos, porque Jesus morreu por toda a humanidade.
             

Voltar ao início da pagina