Mensagem de Reconciliação
Pronto Para Começar

Leçon 13
Encontramos em João 1.1-4 o seguinte: "No princípio era aquele que é a Palavra. Ele estava com Deus, e era Deus. Ele estava com Deus no princípio. Todas as coisas foram feitas por intermédio dele; sem ele, nada do que existe teria sido feito. Nele estava a vida, e esta era a luz dos homens"

Portanto, Deus, o Filho, escolheu deixar as riquezas e glórias do Céu com Deus, o Pai, e Deus, o Espírito Santo, de maneira que Ele pudesse se tornar um sacrifício propiciatório pelos pecados dos homens.. Um sacrifíco perfeito era necessário para reconciliar o homem com Deus. Ele nasceu em Belém, fugiu para o Egito e cresceu favoravelmente nos olhos de Deus e dos homens. Os cidadãos de Nazaré referiam-se a Ele com o filho de José, o carpinteiro.

Com a idade de 12 anos escolheu permanecer em Jerusalém, no templo, para escutar os mestres e fazer e responder perguntas. Não sabemos ao certo se alguns destes mestres , vinte e um anos mais tarde, estavam entre os líderes que estavam procurando matá-lo. Quando José e Maria questionaram sua decisão de ficar em Jerusalém, Ele respondeu " Por que voces estavam me procurando? Não sabiam que eu devia estar na casa de meu Pai?", Como registrado em Lucas 2.49. Ao chegarem de volta a Nazaré, Jesus " era-lhes obediente. Sua mãe , porém, guardava todas estas coisas em seu coração. Jesus ia crescendo em sabedoria, estatura e graça diante de Deus e dos homens". (Lucas 2.51-52)

Quando ele tinha cerca de 30 anos, saiu de casa para começar a realizar seu propósito em deixar o Céu e vir a Terra como a Palavra, na pessoa de Jesus. Quando João o Batista estava batizando para arrependimento, Jesus foi a ele desejando ser batizado. João estava relutante, mas Jesus respondeu a ele, " Deixe assim por enquanto, convém que assim façamos para cumprir toda a justiça". E João concordou. Assim que Jesus foi batizado, saiu da água. Naquele momento o céu se abriu, e ele viu o Espírito de Deus descendo como uma pomba e pousando sobre ele. Então uma voz dos céus disse: "Este é o meu filho amado, em quem me agrado" (Mateus 3.15-17), que confirmou o que João havia dito antes do batismo de Jesus. Depois, Jesus foi guiado a um lugar deserto onde ele jejuou por quarenta dias. Durante aquele tempo ele foi confrontado pelo Diabo que o tentou em todas as coisas da mesma maneira como nós somos tentados:

  • Desejo por comida-a cobiça da carne
  • Desejo por poder- o orgulho da vida
  • Desejo por coisas- a cobiça dos olhos

Em cada tentação ele escolheu ser obediente e não pecou. Muitas vezes vemos Jesus declarando sua decisão de querer tomar conta dos negócios do Pai e de fazer a vontade do Seu Pai. Nós precisamos fazer nossas escolhas e decisões baseados na vontade do Pai. Portanto se torna imperativo sermos diligentes em nosso estudo de suas palavras e das palavras dos apóstolos que foram guiados pelo Espírito Santo. Estas palavras mencionadas no Novo Testamento ou simplesmente nos Evangelhos nos permitem saber o que fazer para termos os nossos pecados perdoados através do Cristo, nosso sacrifício propiciador, de maneira a sermos reconciliados com Deus.

Jesus enfrentou cada desafio e tentação simplesmente fazendo a vontade daquele que o enviou à terra. Desde que somos criados na imagem de Deus, temos a mesma escolha. Simplesmente obedeça.

Perguntas

    1- Quem estava no princípio com Deus, o Pai
         A Palavra.
         Espírito Santo
         Ambos A e BE

    2.Deus, o Filho, veio à terra para ser o sacrifício sem pecado, morto pelos homens que foram criados em sua imagem, de maneira a fornecer os meios de reconciliação.
             

    3- Jesus optou por ser batizado por João Batista para ser obediente e cumprir toda a justiça.
             

    4- Jesus não cedeu às tentações do Diabo porque Ele não era realmente humano, isto é, não era de carne e sangue mas somente espírito.
             

    5- Precisamos estudar a Bíblia de maneira que nossas decisões sejam baseadas em fé através do conhecimento da vontade de Deus.
             


Voltar ao início da pagina