Mensagem de Reconciliação
Testemunhas

Lição 12
Durante o ministério de Jesus na terra era importante que as pessoas viessem a acreditar que Ele era o Messias, o Cristo, o Filho de Deus. Houveram diversas testemunhas que provaram isso ser verdade.

João batista
João pregou um batismo (baptizo, uma palavra grega que significa imersão) para arrependimento e foi dito que toda Judá vinha até João para ser batizada. "Alguns fariseus que tinham sido enviados interrogaram-no: 'então, por que você batiza, se não é o Cristo, nem Elias, nem o profeta?' respondeu João: 'Eu batizo com água, mas entre vocês está alguém que vocês não conhecem. Ele é aquele que vem depois de mim, e não sou digno de desamarrar as correias de suas sandálias'.(João 1.24-27)... "No dia seguinte João viu Jesus aproximando-se e disse: 'vejam! É o cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo! Este é aquele a quem eu me referi, quando disse: 'Vem depois de mim um homem que é superior a mim, porque já existia antes de mim. Eu mesmo não o conhecia, mas por isso é que vim batizando com água: para que ele viesse a ser revelado a Israel'. Então João deu o seguinte testemunho: 'Eu vi o Espírito descer dos céus como pomba e permanecer sobre ele. Eu não o teria reconhecido, se aquele que me enviou para batizar com água não me tivesse dito: 'Aquele sobre quem você vir o Espírito descer e permanecer, esse é o que batiza com o Espírito Santo' Eu vi e testifico que este é o Filho de Deus". (João 1.29-34)

"Então Jesus veio da Galiléia ao Jordão para ser batizado por João. João, porém, tentou impedi-lo dizendo: 'Eu preciso ser batizado por ti, e tu vens a mim?' Respondeu Jesus: 'Deixe assim por enquanto; convém que assim façamos, para cumprir toda a justiça'. E João concordou. (Mateus 3.13-15)

Espírito Santo
"Assim que Jesus foi batizado, saiu da água. Naquele momento o céu se abriu, e ele viu o Espírito de Deus descendo como pomba e pousando sobre ele." (Mateus 3.16)

Deus
"Então uma voz dos céus disse: 'Este é o meu filho amado, em quem me agrado'." (Mateus 3.17)

Jesus então jejuou quarenta dias antes de começar publicamente o seu trabalho. Foi no final dos quarenta dias que o Diabo aproveitou a oportunidade para tentar Jesus em suas condições fisicamente fracas. Embora ele tenha falhado nessa tentativa, ele continuou procurando outras oportunidades. Jesus então começou o ministério dele. Uma das primeiras coisas que Ele fez foi selecionar doze homens para treinar e serem testemunhas de tudo que Ele disse e fez, que era sobretudo público. Ele executou muitos milagres provando que Deus era com Ele.

Milagres, Sinais e Maravilhas
Ele não foi "treinado" na Lei e nos Profetas mas as pessoas reconheciam que Ele falava com autoridade; Não como os eruditos, os rabis, os sacerdotes, Fariseus, Escribas e outros líderes religiosos. Para esses homens eruditos Jesus era muito contundente em seus comentários chamando-os de hipócritas e guias cegos assim como seus corações, mentes e atitudes. Eram tão orgulhosos, arrogantes, altivos, ciumentos e dispostos a pararem do nada para manterem seus lugares na sociedade.

Eles atribuíam os muitos milagres de Jesus ao Diabo antes de estarem dando glórias a Deus. Mateus relata sobre eles no capítulo 23.

    3 ... "pois não praticam o que pregam."
    5 ... "Tudo o que fazem é para serem vistos pelos homens."
    6 ... "Gostam do lugar de honra nos banquetes e dos assentos mais importantes nas sinagogas."
    13 ... "Ai de vocês, mestres da lei e fariseus, hipócritas!"
    16 ... "Ai de vocês, guias cegos!, pois dizem..."
    33 ... "Serpentes! Raça de víboras! Como vocês escaparão da condenação ao inferno?"
Eles tentaram muitas coisas para pegá-lo em contradições mas falharam. Eles desafiaram a autoridade de Jesus mas falharam. Veja Lucas 20.

Crucificação
Eventos durante a crucificação de Jesus testemunharam o fato de que Ele era o Cristo, o Filho de Deus. (Veja Mateus 27.50-52)

    Depois de ter bradado novamente em alta voz, Jesus entregou o espírito.
    Naquele momento, o véu do santuário rasgou-se em duas partes, de alto a baixo.
    A terra tremeu, e as rochas se abriram.
    Os sepulcros se abriram, e os corpos de muitos santos que tinham morrido foram ressuscitados.
Soldados Romanos
Quando o centurião e os que com ele vigiavam Jesus viram o terremoto e tudo o que havia acontecido, ficaram aterrorizados e exclamaram: 'Verdadeiramente este era o Filho de Deus'!" (Mateus 27.54)

Aqueles próximos Dele - Os apóstolos
"Portanto, é necessário que escolhamos um dos homens que estiveram conosco durante todo o tempo em que o Senhor Jesus viveu entre nós, desde o batismo de João até o dia em que Jesus foi elevado dentre nós às alturas. É preciso que um deles seja conosco testemunha de sua ressurreição." (Atos 1.21-22)

"O que era desde o princípio, o que ouvimos, o que vimos como os nossos olhos, o que contemplamos e as nossas mãos apalparam - isto proclamamos a respeito da Palavra da vida. A vida se manifestou; nós a vimos e dela testemunhamos, e proclamamos a vocês a vida eterna, que estava com o Pai e nos foi manifestada. Nós lhe proclamamos o que vimos e ouvimos para que vocês também tenham comunhão conosco. Nossa comunhão é com o Pai e com seu Filho Jesus Cristo." (1 João 1.1-3)

Perguntas
    1. Imediatamente quando Jesus saiu da água depois do seu batismo, uma voz vinda do céu disse que Jesus era o Filho de Deus e Deus era agradado Nele.
             

    2. A palavra grega baptizo significa .
         Jogar em cima
         Aspergir
         Mergulhar, afundar ou imergi..


    3.Jesus falou como quem tinha autoridade porque Ele era um dos eruditos que foi ensinado numa escola rabínica dos judeus.
             

    4. Jesus se referiu aos Fariseus e Escribas como
         Guias cegos..
         Hipócritas.
         Ladrões..
         Apenas A e B..
         Apenas B e C.
         Apenas A e C..
         A, B e C..

    5. Os amigos mais próximos de Jesus testificaram como testemunhas oculares de seus milagres, morte, enterro e especialmente sua ressurreição.
             

    6. Por que Jesus foi batizado nas águas por João Batista?
         Para obedecer a Lei de Moiseis.
         Para ser perdoado dos seus pecados.
         Para ser obediente e completamente reto.
         Nenhuma das anteiores.


Voltar ao início da pagina