Flagelos derramados as sete taças

Capítulo 16:

Interpretação dos símbolos
SETE TAÇAS são paralelas às sete trombetas exceto que agora o julgamento é total e não parcial. O propósito não é chamar ao arrependimento mas destruir totalmente:

Taças Trombetas
úlceras malignas e perniciosas saraiva e fogo matam a vegetação
o mar se torna em sangue montanhas ardendo atacam o mar
as águas se tornam em sangue estrelas ardendo atacam as águas
o sol queima os homens o sol, lua e estrelas feridos
angústia, dores e úlceras gafanhotos tormentam os homens
o exército do Eufrates ataca o exército do Eufrates ataca
tormento e saraivada tormento e saraivada

Para ver linguagem de julgamento semelhante (e também simbólica), veja Sf. 1:2-4; Jr 5:23ss; Is 13:10-13, 17-22.

OS REIS DO ORIENTE são os redimidos

TRÊS ESPÍRITOS IMUNDOS enganam as nações para irem a guerra perdida (1 Rs. 22:19-23).

Resumo do Capítulo 16:
Deus sepultou Roma e seus vassalos. Alguns dos elementos das taças serão desenvolvidos depois. Os detalhes da queda da cidade vêm em Ap 17 e 18. A batalha do Armagedom vem em Ap 19. A derrota do diabo vem em Ap 20.

Voltar ao início da pagina