As Lições Sobre o Espírito Santo

A AUTORIDADE DA IGREJA

Estou impressionado com a autoridade que Deus concedeu à igreja. Mt 18:18-20. O que nós fazemos aqui na terra, Deus honra lá no céu - seja na disciplina ou na oração. Meu primeiro pensamento : Tamanha autoridade é perigosa nas mãos de pessoas erradas. "Poder total corrompe totalmente". E tem sido muitas corrupções.

Na história , em nome de Deus, houve torturas e assassinos. Na igreja , há pessoas que parecem gostar demais de poder ou controle sobre os outros. Claro, sempre se justificam : "É para o seu bem", ou "Eu só estou fazendo o que é certo". Mas parece que eles gostam demais ter a autoridade. Só Deus conhece os corações do ser humano.

Deus (pelo Espírito e João em 3° João) deixou exposto o coração de Diótrofes. Ele amou a preemenência. Se os obreiros não foram aprovados por ele, ninguém podia os receber. João até escreveu uma carta para a igreja mas Diótrofes a jogou fora.

Tudo isso nos dá medo de ter uma liderança reconhecida na igreja. O medo de precisar se submeter a alguém que possa abusar a sua posição ou autoridade. Num ELICAMP passado, já vi isso, no medo de designar pastores, presbíteros, bispos na igreja. O medo é de dar autoridade a alguém. Com respeito a isso tenho alguns pensamentos:

1. Deus quer e por issso devemos fazer. Precisamos formular planos para começar a treinar, educar, preparar, escolher e constituir pastores para a congregação. Só precisamos confiar no Senhor e procurar fazer as coisas como Ele ordenou.

2. Esta autoridade que pode ser perigosa nas mão e pessoas erradas já está nas mãos da igreja. Este contrexto não é apenas a Pedro ou os apóstolos mas à igreja. A igreja já tem o poder de ligar e desligar, de alterar a história humana, parar e fazer cair a chuva, eleger e tirar reis, governadores e presidentes. Já temos o poder. Precisamos estar usando este poder. Precisamos assumir nosso papel no mundo. Precisamos estar orando mais.

3. Se torna evidente porque a 1° qualidade do cristão é humilidade. Poder ou autoridade pode encher a cabeça da pessoa . Um Ministro de Finanças do país confessou isto faz pouco tempo. A pessoa começa a pensar que ela é uma coisa que não é. Vemos isto na igreja em Corintos com os dons. Alguns achavam que eram superiores porque receberam poder do Espírito. Esqeceram de onde veio o poder e que o poder era para servir e não dominar ou se exaltar.

Um homem não é qualificado para ser um presbítero se não tiver humildade. Paulo, em 1 Timóteo 3:6, diz que um recem - convertido não está qualificado porque ele poder se orgulhar como Satanás fez. Mas também uma pessoa não está qualificado para ser um cristão sem humildade. Mt 5:3 : "Bem - aventurados os pobres de espírito porque deles é o reino dos céus. " Tg 4:6 : "Deus se opõe aos orgulhosos mas concede graça aos humildes." Somente uma pessoa humilde é capaz de receber tanto poder e autoridade e não se corromper. Veja a pessoa de Jesus. Ele recebeu toda autoridade mas nunca deixou de ser um servo dos outros.
4. Mas Deus não entregou o mundo e a igreja nas mãos de homens sem princípios. Esta passagem assume concordância entre as decisões feitas pela igreja aqui na terra e Deus no céu, na disciplina e na oração. Note bem o tempo dos verbos : " Tudo o que vocês ligarem na terra terá sido ligado no céu, e tudo o que vocês desligarem na terra terá sido desligado no céu." Quando a igreja exerce disciplina na maneira ordenada por Deus, então a igreja vai concordar perfeitamente com o que Deus já decidiu no céu.

Uma vez, uma irmã ficou com raiva de mim. Ela tinha deixado de frequentar as reuniões por um bom tempo. Visitei e perguntei se ela ainda queria ser membro da congregação aqui. Ela respondeu que só Jesus podia expulsar um membro da igreja. Ela não entendeu o que eu queria dizer ( se não congragar, não faz parte da congregação) mas ela tinha razão. Só Jesus tira alguém da igreja. Melhor ainda , a pessoa retira a si mesmo.

João 6:37 : "Todo aquele que o Pai me der virá a mim e quem vier a mim jamais rejeitarei." Não foi Jesus que rejeitou Judas. Foi Judas que rejeitou Jesus. Não é Jesus que rejeita o irmão que recusa se arrepender do seu pecado. É o irmão que rejeita Jesus. Não é a igreja que desliga o chamado irmão que vive na prática do pecado. É o homen que rejeitou a verdade, que rejeitou a Jesus e que rejeitou a igreja quando ele decidiu permanecer no pecado. Então Jesus reconhece a sua decisão. e diz " não pode andar nos dois caminhos. Não pode servir dois senhores. A igreja reconhece a decisão e diz "não pode andar nos dois caminhos. Não pode servir a dois senhores".

5. A igreja tem autoridade também na oração . Será que há poder na oração? Claro que sim, e muito. O que pedimos em oração em nome de Jesus será feito. Devemos pensar muito antes de reunir 2 ou 3 em nome de Jesus para pedir uma coisa a Deus ? Claro que sim! Será que Deus nos deixa livres para usar este poder em qualquer maneira, para o bem ou para o mal? Não. Leia 1 Jo 5 . A conclusão é que Deus por meio de Jesus nos fez companheiros, parceiros e cooperadores dele no governo do mundo e da igreja.

CONCLUINDO, lembre se que tudo o que nós estamos fazendo na lideran da igreja está sendo feito na presença do nosso Senhor Jesus. Sejamos humildes na presence dele!


Voltar ao inĂ­cio da pagina