As Lições Sobre o Espírito Santo

SERVOS EM VEZ DE DOMINADORES

Cristo lutou contra a sua cultura - judaica, romana e grega (Lc 22:24-30 ). Um perigo hoje em dia é de nós sermos contaminados pelo conceito cultural de liderança.

I. Liderança que predomina no mundo.

    A. No comércio, é uma liderança contaminada
      1. Reconhecimento e promoção é baseado no desempenho na competição com os outros .
      2. A atenção é principalmente em alvos de curto prazo em vez de alvos de longo prazo sem resultados vivíveis imediatos.
      3. Sucesso é a base de ter valor entre outras pessoas.
    B. Competição
      1. A sobrevivência dos fortes
      2. Congregações se comparam uma com a outra.
      3. Ênfase em dados (estatísticas) por exemplo, batismos, frequência
      4. Ambiente de competição na igreja sobre poder, honra, reconhecimento
    C. Alvos de curto prazo:
      1. Para fazer uma árvore, leva anos. Para fazer um tomate, leva mêses.
      2. Por que evangelizar crianças?
      3. Jo 4:38 a importância de semear e colher. (1 Co 3:6-9)
    D. Sucesso:
      1. O alvo é ser fiel e não é de sucesso. 1 Co 4:1-6
      2. Será que os resultados justificam os meios?
      3. Compare Jonas e Jeremias. Qual deles devemos imitar?

II. Liderança Bíblica

    A. Liderar pelo serviço
      1. Lc 22:27
      2. Jo 13:14
    B. Liderar pelo exemplo.
      1. A primeira marca de um líder é que alguém está o seguindo.
      2. Fp 2:7-9 : liderança do tipo de Jesus não se compreende separado da cruz .
      3. Motiva os outros a servirem. 2 Sm 23:15 : este tipo de lealdade não se manda.
      4. Por exemplos em vez de ordens ou ditadura. 1 Pe 5:2-5
    C. Liderar como o bom pastor
      1. O sistema de pastor, tipo denominacional é errado. (controle exclusivo da vida do rebanho)
      2. Jo 10 : veja as prioridades do bom pastor
        a. Salvação das ovelhas
        b. Alimentação, pastos ( v 9; Cl 1:28)
        c. Não é empregado (v 11-13 o empregado não sacrifica a vida)
        d. Conhece as ovelhas (v 14-15 chama pelos nomes)
        e. Expande o rebanho, evangeliza ( v 16)
        f. Mantém seu relacionamento com o Pai (v 17)
    D. A AUTORIDADE DOS LÍDERES É PARA ABENÇØAR EM VEZ DE DOMINAR
      1. Jesus recusou autoridade política e militar (Jo 6:15 e Mt 4)
      2. Jo 17:2
      3. Lc 22:25-27 este tipo de liderança não pode existir na igreja
      Conclusão : Vamos ser sempre vigilantes para exercermos o tipo bíblico de liderança e não deixar que ela seja contaminada pela cultura do mundo.

    Voltar ao inĂ­cio da pagina